12 de dezembro de 2012

TRAIRAGEM TUCANA. ADIADA ELEIÇÃO DA ALEPA

Quando fevereiro chegar

Shot008
Em reunião ontem (11) do colégio de líderes da Alepa repetiu-se o que já fora observado no plenário no dia 05.12: a maioria dos líderes partidários decidiu que a eleição para a Mesa Diretora será em 1º de fevereiro.
A reunião, assim como a deliberação plenária, revela o que ocorre em todas as Casas Parlamentares do Brasil: o Poder Legislativo reflete, com o seu próprio verniz, o humor do Poder Executivo.
> Carmona perde um voto
Como efeito, ao deputado Martinho Carmona (PMDB) subtrai-se um voto, que seria sufragado pelo deputado João Salame (PPS), que assume a prefeitura de Marabá em 1º de janeiro de 2013.
Foi um movimento concorrente. Como sói ser, campanha é guerra e quem está nas trincheiras não perde a vida por gentilezas.
> Consensos e dissensos
O governo justifica-se alegando que o tempo servirá para formar o consenso na Casa, desde que, por óbvio, esse consenso seja em torno do candidato do governo.
O nó górdio da questão é que do lado de cá também se fala em consenso e, como o lado de lá, busca-o com as mais democráticas vestes desde que seja em torno do nosso porta bandeira.
> O melhor consenso é a disputa
Como o Palácio da Cabanagem só pode ter um rei, creio cá com os meus botões que a solução mais democrática para decidir a saga do consenso é a disputa.
E como, mesmo contra a vontade do maias, o mundo não deve acabar nesse dezembro, que venha fevereiro.

Reações:

0 comentários: