4 de novembro de 2012

JULIANA PAES E O DOMINGO


PARA MELHORAR SEU DIA: Juliana Paes, em várias versões

Juliana Paes, pelas lentes de Paulo Vainer, da VIP
Juliana Paes, pelas lentes de Paulo Vainer, da "VIP"

SÓ FALTA A METONÍMIA (s.f. Retórica Figura de linguagem em que um objeto é designado por uma palavra que se refere a outro, por existir uma relação entre os dois)
Terminadas as gravações da novela Gabriela, Juliana Paes se desfaz de sua personagem. “Ela estava agoniada com as sobrancelhas grossas. Finalmente, pude arrumá-las”, diz Rosana Paes, irmã e sócia de Juliana em um salão.
As 120 mechas de cabelo falso também já foram retiradas. O difícil está sendo largar o baianês. “Toda hora me pego falando com sotaque”, diz a atriz, que esteve na Academia Brasileira de Letras lendo trechos do livro de Jorge Amado.
“Aqui ela foi melhor”, comentou o imortal Eduardo Portella. “Na novela está metonímica. Uma parte do corpo de Gabriela, de que os brasileiros gostam, ficou maior que o papel”.
A edição “100 + Sexy” da revista VIP exalta Juliana, a campeã da lista, em todas as figuras.
Juliana Paes, no papel ds faceira Gabriela
No papel da faceira Gabriela
-
Juliana Paes, clicada por Nana Moraes (Revista Boa Forma)
Clicada por Nana Moraes para a "Boa Forma"... e que forma!
-
Como Maya, em Caminho das Índias
Como Maya, na novela "Caminho das Índias"
-
Em pose para a Paparazzo
Em pose para o site Paparazzo
-
Iluminada, para a VIP
Iluminada, para a "VIP"
-
Caras e bocas para Sérgio Zalis
Despojada, Sérgio Zalis, de "Contigo"
-
Para as lentes de Ernani D'Almeida
Nada despojada, para as lentes de Ernani D'Almeida, de "Contigo"
-
De novo para a Paparazzo
De novo para Paparazzo

Reações:

0 comentários: