22 de outubro de 2012

PRESERVAR O MEIO AMBIENTE. E O HOMEM?

Itaituba/pa- DEPUTADO DUDIMAR QUER PRESERVAR A "PAXIÚBA"... MATANDO DE FOME MILHARES DE FAMILIAS DE GARIMPEIROS!


“Ele deveria pedir uma força tarefa para legalização e não para repressão” diz Valmir sobre Dudimar.

Esta em Itaituba uma equipe do Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) para fazer um levantamento sobre a legalização dos garimpos na região do Tapajós.
Uma reunião para discutir o assunto aconteceu na sede da AMOT, na manhã de quarta feira, 17, com a participação do Presidente da associação Dr. Antunes, o Secretario de Meio Ambiente e Produção do Município Ivo Lubrina, o prefeito Valmir Clímaco e Ricardo Paraíba do (DNPM) de Brasília.
Funcionarios do DNPM.
Segundo Ricardo esta sendo um levantamento das áreas de produção na região, depois de identificada, o processo será colocado em ponto de obtenção de licencia ambiental, para a autorga posterior do titulo. Cerca de 13.400 processos de área de garimpo estão em andamento no DNPM, aproximadamente 5% das áreas estão em operação, Ricardo afirmou que o objetivo do departamento é identificar quais as áreas que estão em operação para dar agilidades nos processos de legalização e tirar os garimpeiros da ilegalidade.
O Presidente da Associação dos Mineradores do Oeste do Tapajós (AMOT) Dr. Antunes, disse que, se houver uma intervenção federal nos garimpos do município, o único culpado será o governo do estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, quando não concede licencias ambientais as áreas de garimpo, afirmou ainda que a lei complementar 140 deu essa competência ao estado desde Dezembro, com isso o DNPM não pode expedir as Permissões de Lavra Garimpeira às (PLGs). Antunes disse ainda que o estado estaria se omitindo de suas competências e não olhando para o tapajós, vários processos com taxas pagas estariam parados na “SEMA” do estado.
Segundo o prefeito Valmir Clímaco o município de Itaituba produz aproximadamente 600 quilos de Ouro, mas apenas cerca de 150 sai legalizado, o restante é vendido ilegalmente para outras regiões. Na reunião Valmir Clímaco criticou a postura do Deputado Dudimar Paxiuba que em pronunciamento na tribuna da câmara federal pediu uma a intervenção do governo nos garimpos do tapajós.
Valmir disse “antes de ele solicitar uma intervenção no tapajós deveria solicitar uma força tarefa do governo federal para a legalização dos garimpos que abrigam aproximadamente 30 mil garimpeiros”, se caso a intervenção venha acontecer para onde irão os garimpeiros, Valmir finalizou dizendo antes da repressão tem que vir a legalização.
Prefeito Valmir Clímaco.

fonte: junior ribeiro

Reações:

7 comentários:

Anônimo disse...

Agora esse tal prefeito demonstrou realmente que não está nenhum pouco preocupado conosco; digo isto, porque se dizia maravilhado pelo rio tapajós e agora, ainda de tudo entendendo tudo ao contrário do discurso do deputado Dudimar. O deputado se referiu as dragas poluindo o rio tapajós que é visível e não aos garimpeiros, seus burros! Espero que aprove o meu comentário.

Anônimo disse...

O valmir sempre teve o mesmo pensamento antes e depois da eleição em relação aos garimpeiros do tapajós, primeiro legalizar para depois fiscalizar, já o dudimar tinha um pensamento antes da eleição, agora que a candidata dele ganhou ele já mudou de ideia, é que nem a prefeita eleita de Itaituba que falou que iria fazer o concurso público já em 2013, mas já mudou de ideia e só vai realizar o concurso em 2014, pra você ver que depois que ganha o discurso muda totalmente, espero que seja só em relação ao concurso publico que ela tenha mudado de ideia, porque senão só lamento pelos próximos 4 anos.

Anônimo disse...

DEIXA DE SER IMBECIL, ESTÁ SE FALANDO DE MEIO AMBIENTE E NÃO DE CONCURSO PÚBLICO. ACORDA O TEU QUERIDINHO PREFEITO FOI DERROTADO, OU AINDA NÃO CAIU A FICHA?

Anônimo disse...

Oh gente burra! quem que disse que o deputado quer matar milhares de famílias de garimpeiros, vai matar sim nós itaitubenses que consumimos a água da COSANPA. Sabe lá que produtos químicos utilizam para extração do ouro. Mas quando mexe com os poderosos, aí lógico que se manifestam até de forma demagoga. Vamos respeitar!

Anônimo disse...

Li somente agora, portanto, daí decorre a razão da demora do contraponto.
Reafirmo o respeito que sempre dispensei a todos os membros da querida família SUSSUARANA. Sobrenome dos mais queridos, estimados e honrados. Por favor, não embarque nesta canoa furada construída por esse "Cagada Política" que "nao sei de onde veio nem pra aonde vai". Há comentários, de que esse energúmeno vive delirando sob os efeitos da não menos ofensiva e destruidora "canabis sativa".
Se és a favor da continuação da destruição do Rio Tapajós só me resta respeitar, embora lamente seu ponto de vista. Afinal, és santareno, nascido e criado às margens desse encantador Rio, nosso maior patrimônio natural, motivo de orgulho de todos os que habitam a região oeste do estado do Pará, do qual, inclusive, emprestamos o nome para denominarmos o nosso maior sonho de emancipação, ou seja, a criação do ESTADO DO TAPAJÓS.
Paremos portanto com pilhérias e gracinhas sobre o sagrado nome de família, enquanto trazemos à baila a discussão séria e oportuna de um tema que preocupa e instiga.
Forte abraço!
Dudimar Paxiúba

Anônimo disse...

Meu deputado, como itaitubense que sou e muito me orgulho, lhe parabenizo pela sua luta em favor do meio ambiente, principalmente no que se refere ao maior patrimonio natural que temos que é o rio tapajós e ainda lhe digo: nós itaitubenses natos somos muito gratos pelo que o senhor está fazendo. Não desista! O rio tapajós pede socorro! Façamos a nossa parte! Só assim, teremos de volta esse rio, límpido como era antes da garaimpagem desordenada.

Anônimo disse...

SOBRE O CONCURSO PQ O VALMIR NÃO FEZ SENDO QUE TODOS OS PREFEITOS DA REGIÃO OESTE DO PARÁ FIZERAM..