20 de setembro de 2012

PROFESSORA RACISTA PEDE DESCULPA À UEPA!!!


Professora da Uepa pede desculpas por ofensas

Quarta-Feira, 19/09/2012, 13:40:02 - Atualizado em 19/09/2012, 14:13:42
Professora da Uepa pede desculpas por ofensas (Foto: Celso Rodrigues)
(Foto: Celso Rodrigues)
A professora Daniela Cordovil protocolou um pedido de desculpas na manhã desta quarta-feira (19), na reitoria da Universidade do Estado do Pará (Uepa). No documento, a professora tenta se desculpar formalmente junto à instituição (N.B: E pedido de desculpas ao ofendido será feito?) pelas ofensas feitas contra o vigilante Ruben Santos, responsável pelo portão central do Centro de Ciências Sociais e da Educação (CCSE), na instituição, ocorrida na última sexta-feira (14).
O caso foi filmado e teve repercussão nacional. Segundo a assessoria de comunicação da UEPA, a documentação obedecerá o trâmite de ser encaminhada à ouvidoria da universidade, que emitirá até amanhã (20) o seu parecer, e em seguida, encaminhará o mesmo à reitoria da UEPA, que juntamente com a procuradoria jurídica da instituição, irão decidir sobre os rumos do caso.
Em nota encaminhada à imprensa, a universidade informou que vai apurar o caso. "A Gestão Superior da Uepa lamenta profundamente o acontecimento ocorrido na portaria do CCSE na noite de sexta-feira. E informa que a partir desta segunda-feira (17), a Ouvidoria da instituição vai tomar medidas administrativas para apurar os fatos, assegurado o direito à ampla defesa", disse o documento.
A reitoria informa ainda que o funcionamento dos portões é de responsabilidade dos Centros. Naquela ocasião, o portão do CCSE, na travessa Djalma Dutra, estava funcionando parcialmente em função da greve dos professores, porém um outro, que dá acesso ao mesmo centro, pela reitoria, estava funcionando normalmente. Orientação que, segundo informações prestadas pela direção do centro local, foi repassado para a professora.
"A Uepa reitera que não compartilha de opiniões pessoais que abriguem qualquer tipo de discriminação social, racial, sexual ou de diversidade cultural que contradigam a essência plural da universidade", completou a nota.
(DOL, com informações da assessoria da Uepa)

Reações:

0 comentários: